Buscar
  • BlogDraRubert

O Psicólogo no Direito de família.

A figura do Psicólogo Jurídico no Direito de família.


Este profissional tão importante vem sendo consolidado cada vez mais no trato de caráter institucional, preconizando a estrutura judiciária, auxiliando e possibilitando a resolução de diversos casos judiciais.

No moderno Direito de Família, reconhecida a sua complexidade no trato de temas conflituosos e a interdisciplinaridade dos ramos da ciência para o estudo e solução dos casos, postos ao julgamento judicial, emerge em primeiro lugar, por convocação urgente e pioneira, a figura do psicólogo clínico-jurídico ou psicólogo jurídico.



Esse especialista, vem intervindo nos conflitos existentes e consolidando de maneira estratégica casos extremos, que se convolam em decisões consensuais.



Atualmente já opera em caráter obrigatório, principalmente no Juízo de Família, a tanto que essa atuação tem sido institucionalizada na estrutura judiciária mediante a instalação de serviços psicossociais forenses. Essa intervenção psicossocial dos processos judiciais de família, ajuda questões que abarcam casos muito mais profundo do que propriamente os litígios judiciais, além de definir vidas humanas, trazendo consigo tamanha responsabilidade e complexidade na vida do cidadão.


Contudo, é de suma importância a participação direta e constante do psicólogo jurídico dentro e fora do judiciário, promovendo sempre a harmonia, o diálogo e principalmente o equilíbrio emocional das partes envolvidas no litígio.

Psicologia na prática!

Até mais.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo